Ego, o seu maior inimigo

Publicado: agosto 18, 2012 em Conhecimento Antigo
Tags:,

” Eu me amo, agora posso amar os outros ! “ Essa frase clichê é muito ouvida e falada por quase todos, mas quem pode afirmar que se conhece 100% ? Quem realmente conhece o seu interior e todos os segredos que ele guarda, que sorrateiramente se esconde em lugares que mal imaginamos que exista ?

É uma questão difícil de ser respondida, creio que o ego seja verdadeiramente o ” demônio ” que está escondido em nós, aquele que sabemos que existe mas tentamos negar e esconder de nós mesmos e provavelmente ele seja o nosso mais temido e odiado inimigo.

Mas como conhecer esse inimigo ? como reconhecer sua existência ? é muito fácil , por exemplo, você é uma pessoa calma, normalmente não se irrita com facilidade, sabe controlar suas emoções, mas por algum motivo de repente você explode em um ataque de fúria , detona sua raiva irracional e momentos depois retoma a calma, vem o arrependimento de tal ato impensado, se desculpa constrangido e sem jeito, e diz que não faz idéia de como isso aconteceu, que não é do seu feito.

Como podemos perceber essa pode muito bem ter sido a atitude de duas pessoas completamente diferentes entre si, sua consciêcia e sua ” falsa consciência ” ou ego e ” falso ego ” .

Pitagoras já dizia :  ” O homem só pode ser verdadeiramente livre se conhecer a si mesmo ” e esse conhecimento só pode ser atingido com muita dedicação, não apenas dedicação de se auto vigiar mas principalmente a disciplina mental e espiritual , o corretivo da consciência que se auto analiza e se ajuda a promover o engrandecimento moral e ético, que irá nos mostrar as virtudes escondidas dentro de nós mesmos.

Observando dessa forma fica fácil de ver que ” demônios ” existem apenas em nós mesmos, que a maldade , egoísmo, inveja , medo , são manifestações desse inimigo desconhecido que nos acompanha por toda a vida , que verdadeiramente não sabemos quem somos, não sabemos realmente a que parte pertencemos mais, se o falso ego ou o verdadeiro ego, podemos ser qualquer um deles, não existe nenhuma forma de sabemos a qual “facção ” fazemos parte sem o conhecimento profundo de cada um desses lados, o eu verdadeiro e o falso eu.

Nós não conseguiremos compreender o ” macro ” se não conhecermos o ” micro “, é uma lei natural, imutável e indiscutível.

O primeiro passo para ser realmente livre, é ter o auto conhecimento, é conhecer o seu inimigo, como o mestre de xadrez imbátivel que conhece todos os movimentos de seu oponente , que estuda calmamente suas jogadas , que observa e distingue seus pontos fortes e fracos, só assim poderemos ser livres de verdade , entendendo a verdadeira dualidade do ser, o verdadeiro e o falso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s