Posts com Tag ‘teorias da conspiração’

Um dos mais conhecidos simbolos do cristianismo é sem dúvida a cruz, não vou me prender ao significado da cruz nessa matéria, deixando isso para um próximo tópico, hoje iremos juntos pesquisar sobre as origens de um outro simbolo ou representação que está quase sempre presente ao simbolo da cruz, a inscrição I.N.R.I.

Todo cristão sabe que o seu significado judáico-cristão é  :

” Iesus Nazarenus Rex Iudaeorum “

Ou seja, “ Jesus de Nazaré Rei dos Judeus “ , isso é o que nos é ensinado atravéz dos vários anos e pelas mais diferentes ” autoridades do clero “.

O que não nos é ensinado é que as iniciais I.N.R.I já eram usadas a muito tempo,bem antes do início da era cristã.

I.N.R.I é um tetragrama que pode ter vários significados dentro dos diversos níveis hierárquicos existem dentro dos ensinamentos da gnose ou sociedades de conhecimento, e vem de tempos muito antigos, e é seguramente uma palavra de significados ” herméticos “.

Apenas para citar alguns desses vários significados e para entender melhor suas origens e seus própositos, um dos mais conhecidos talvéz seja o termo usado pelos Rosa-Cruz :

” Igne Natura Renovatur Integra ”  o qual traduzido do Latin vem a ser : A Natureza é Totalmente Renovada pelo Fogo, para alguns esotéricos o fogo é muitas vezes representado pelo Sol. Esse significado Rosa-Cruz é apenas um de vários existentes.

É alegado que os persas antigos usavam o  tetragrama ” INRI ” como uma definição ou aforismos diferenciados :

” Ignem Natura Regenerando Integrat. ” , ” Igne Natura Renovatur Integrat ”  e  ” Igne Nitrum Roris Invenitur “

Aparentemente a sigla INRI não foi uma invenção judáico-cristã ( aliás, como muitas outras… ) , o uso do tetragrama já era conhecido e usado pelos antigos egípcios, entre os páris e até mesmo entre os maias e astecas onde curiosamente o deus Sol era conhecido como INTI.

Alguns estudiosos dão as mais diversas explicações sobre o tetragrama, cada qual  querendo ” vender o seu peixe ” , como Eliphas Levi que afirmava  INRI ser um mantra sagrado onde se entendia ”  Isis Naturae Regina Ineffabilis “.

No livro Christianity and American Freemasonry, de W.J Whalen , existe uma citação ao tetragrama em um grau do ” Rito Escocês Antigo e Aceito ” que diz :

” Da palavra INRI, escrita na Crux Ansata sobre o assento do Mestre, muitos significados são atribuídos”    ( tradução livre chaos d.c ).

Curiosamente ” Crux Ansata “ não é um simbolo com origens judáico-cristã, suas origens remotam o antigo egíto, onde ela é mais conhecida como Ankh  , e é vista em quase todas as representações religiosas egípcias até agora conhecidas.

Um outro significado de origens não totalmente esclarecidas seria um onde o tetragrama INRI  seria usado como a representação em hebráico dos quatro elementos :

“Iam (água), Nour (fogo), Ruach (ar) e Iabeshah (terra). “

Como podemos analizar, as inícias I.N.R.I tem origens e significados variados e até mesmo controverso no que diz respeito ao seu uso judáico-cristão, de todos os significados conhecidos ( é provavél que existam muitos mais ) talvéz o que mais chama atenção seja o usado pelos jesuítas que diz :

” Justum Necare Regis Impios “ , que significa :

” É Justo Matar os Reis Ímpios. ”

 

Essa matéria foi compilada a partir de vários livros, textos e escritos  facilmente  encontrados na internet, dos quais eu cito como principais fontes de pesquisas :

http://www.astrumargentum.org/arquivos/ht/ensaios/thor_4.htm

http://www.archeo.uj.edu.pl/saac/12/12.8.pdf

http://www.ceismael.com.br/oratoria/dicionario-de-latim.htm#INRI

Livro : Christianity and American Freemasonry, William Joseph Whalen,1958

Anúncios

Fim dos tempos ! invasão Alien ! Profecia Maya ! Iluminatis ! Ufa … ! teorias da conspiração realmente é um tema muito maneiro e muito interessante !
Mas espere ae… isso ae tudo é  conspiração ? ?

Vejamos o que nos diz o wikipédia sobre isso :

” Uma conspiração é uma combinação entre duas ou mais pessoas físicas com o objetivo de lesar outrem em algum momento futuro, e, em alguns casos, com pelo menos um um a(c)to secreto para fomentar essa combinação. Não há limite ao número de pessoas que participam de uma conspiração e, em muitos países, não há necessidade de que se comprove que o plano seria mesmo posto em prática para que haja uma acusação formal (o que difere de atentados, por exemplo, em que deve haver uma proximidade física do alvo para a perpetração do crime). Para fins de simultaneidade, o actus reus é contínuo, e as partes podem juntar-se ao mesmo posteriormente e ser igualmente acusadas de conspiração. Finalmente, o arrependimento expresso por um ou mais dos participantes não influi na responsabilidade, mas pode reduzir a sentença dos acusados. “

Hoje quando se fala sobre ” Teorias da Conspiração ” é o mesmo que falar sobre ” coisas do capeta ” ou ” fim do mundo ” , enquanto isso assuntos muito mais concretos em termos conspiratórios passam em nossa frente sorrateiramente sem que nos demos conta.

Acessando qualquer site sobre esse tema iremos encontrar uma infinidade de bizarrices e coisas que apenas a mente de uma criança poderia conceber, poucos são os que realmente levam o assunto a outro patamar, a grande maioria pretende ser um ” revelador de verdades ” sobre os assuntos mais absurdos e inacreditáveis possivéis, fazendo com que o próprio  termo ” Teoria da Conspiração ” seja visto como uma piada, pior ainda, uma piada sem a menor graça.

William Cooper é considerado o “Pai” das teorias conspiratórias por muitos, muito antes dos ataques de 11 de Setembro ele já ” profetizava ” sobre isso, de como o mundo iria mudar após esses eventos e de como era o ” modus operandi ” desse tipo de ação. Cooper era um ex-militar  e conhecia por dentro muitas engrenagens atrás do poder.

Certamente ele morreria de novo hoje em dia ao ver o que ele ajudou a criar, o monstro recheado de superstições e ignorância que se criou, muito diferente daquilo que ele pregava.

Quando analizamos os acontecimentos diários , vemos o noticíario ou folheamos um jornal muitas vezes somos tomados por uma opinião ou ponto de vista que nem sempre é o nosso próprio ponto de vista,quase nunca nos importamos em procurar as fontes dessas opiniões e quem as está divulgando e com qual objetivo, você irá dizer ” ora, para nos informar ! ” certo, mas será mesmo uma fonte de informação confiável ?

Para citar apenas um exemplo, ultimamente temos visto uma das principais publicações brasileiras envolvida em vários escândalos, com informações corrompidas pelo poder de influência e de dinheiro onde o que menos importa é informar, sem citar outras ” fontes confiaveis ” que existem por ae.

Compramos um passado e verdades sobre nós mesmos que não temos como comprovar sua veracidade, quando se fala em revisionismo histórico todos torcem o nariz, afinal para que remexer no que pode feder e trazer a tona questionamentos indesejáveis e perturbadores.

Enquanto a grande maioria está muito mais preocupada com ” invasões aliens ” e o ” satanismo ” dos livros de Dan Brown  testemunhamos a destruição da sociedade , dos principios morais , da pregação alienada das religiões ” neo-cristãs ” , dos exageros e excessos, dos pensamentos superficiais e do consumismo e individualismo sem precedentes.

E ainda a quem diga que nos está sendo preparada a ” Nova Ordem Mundial do Mal ” observando atentamente o nosso mundo social , mental e espiritual fica mais do que evidênte que essa nova ordem já está em pleno andamento, e não tem absolutamente nada de ” nova “.

Creio que está chegando o momento do ser humano se redescobrir verdadeiramente, abraçar com todo empenho o caminho libertador, do auto-conhecimento,começar a ver que a luz do saber só pode iluminar o que ela pode alcançar , que é nossa obrigação tomar conta daquilo que é a nossa maior herança, a verdade e o conhecimento sobre nós mesmos é a chave para isso, para enxergar o mundo como ele realmente deve ser.

A conspiração real , verdadeira e única esta em se tornar a mentira uma verdade absoluta e total, da mesma forma que a alemanha nazista fazia : Conte uma mentira inúmeras vezes, até que ela se torne a verdade indiscutível.

A mentira para se tornar uma verdade sem questionamentos deve por obrigação conter fragmentos da verdade, a grande maioria de nós não precisa conhecer todos os detalhes de uma história, apenas os detalhes mais contundentes já nos basta para aceitar qualquer coisa nos trazida como sendo a mais pura, bela e gloriosa verdade universal e única.

Esse texto é apenas uma pequena introdução para uma série de matérias que estarei postando brevemente aqui no Chaos D.C sobre ” Teorias das Conspirações ” para ” gente grande ” com temas polêmicos e esclarecedores, afinal de contas a verdade por mais feia que possa ser não irá deixar de ser a verdade em nenhum momento.

Fiquem ligados nos próximos tópicos , forte abraço a todos !

Muito se fala sobre eles mas nada de certo se sabe sobre esses ” objetos ” misteriosos.

O filósofo canadense naturalizado americano, Manly Palmer Hall , em um de seus textos diz que os ” Ovnis ” podem ser objetos criados por tecnologia terrestre e podem estar sendo usados para um tipo de controle mental da população.

Vamos imaginar por um momento que realmente eles existam em sua tão divulgada natureza ,a de seres de outras galáxias, parece ser algo inimaginavél que esses seres, com toda sua tecnologia,chegassem a esse planeta, quase nos confins da via lactea, para ficarem simplesmente pairando nos cêus, rodopiando suas super ultra high tech espaçonaves sempre avistadas a distancias enormes e quase sempre a noite, parece ser bem propicio a certos propositos, ainda mais quando o governo em si não da a minima atenção para esses fatos, criando a desconfiança proposital de que ” sabemos de algo, mas não vamos lhe contar ! ” ,ou quando as maiores testemunhas desses eventos são pessoas intimamente ligadas a NASA ou agências militares ( vide o Projeto Disclosure ), ou seja, a conspiração dentro da conspiração.

O astronômo e ciêntista da computação francês, Jacques Valee, que trabalhou no mapeamento do planeta Marte e foi um dos criadores da ARPANET ( que seria a espinha dorsal da INTERNET posteriormente ),  depois de anos de estudo sério sobre o advento UFO, chegou a conclusão de que o fenômeno OVNI realmente existe mas ele afirma categoricamente que o evento não é de natureza inter-galáctica, e sim eventos de ordem inter-dimensional ou até mesmo artificiais, usando tecnologia local, tudo isso para criar um padrão na consciência da população a nivél mundial.

Em seu livro ” A Ciência Proibida ” ele diz , ” O fenômeno UFO existe, e está evidenciado atraves da história, sua natureza é fisíca e continua ainda inexplicavél para nossa ciência moderna, lida com um nivel de consciência que ainda não conseguimos reconhecer, são aptos a manipular  as dimensões além do espaço-tempo da forma como nós a compreendemos, o fenômeno afeta a nossa própria consciência de formas que ainda não compreendemos plenamente, e geralmente se comporta como um “sistema de controle espiritual.”

Resumindo, o Dr. Valee está convencido de que o fenômeno UFO é definitivamente real e  que envolve entidades que possuem uma natureza inter-dimensional, e que estas entidades são capazes de explorar a mente humana, de modo a se materializar no nosso reino físico da existência. Talvez uma ferramenta poderosa de controle das massas.

Propositalmente ou não, é inegavel que o fenômeno mexe com nossa imaginação, e não somente isso, quem nunca ficou olhando para o cêu a noite em meio as estrelas desejando ardorosamente avistar um gigantesco ovni voando lentamente , piscando suas luzes de forma cordenada e radiante, não é dificil imaginar o poder que isso pode criar no inconsciênte coletivo.

Outro dia estive revisando alguns livros da minha ” bibliotéca virtual ” e me deparei com alguns ebooks de René Guénon, que confesso, ainda não tive tempo de lêr.

Lembrei de tê-los baixado da internet depois de lêr uma matéria em um site do qual não me lembro o nome…mas que dizia que o dito escritor frânces acima acreditava que no mundo existe uma ” guerra oculta ” entre os que lutam pela manutenção da Tradição e outros que seriam a Anti-Tradição.

Não vou me aprofundar em René Guénon pois como não li nenhum de seus livros até o momento não seria certo dar minha opinião sobre ele, mas fiquei pensando sobre isso e de como deveria ser tal guerra.

Em uma guerra convencional os dois lados, as duas potencias militares usam a mesma base  tecnológica  em seus armamentos, usam os mesmos principios bélicos e estratégias diferentes, mas necessáriamente  suas armas , com algumas pequenas diferenças , tem a mesma origem, um único fundamento.

É possível que em uma guerra ” oculta ” onde o principal objetivo é o controle e divulgação do conhecimento divino e libertador  é logíco e perfeitamente aceitavél que ambos os lados também usem armas baseadas na mesma ” tecnologia “.

Acho que ae existe uma grande confusão quando se generaliza conceitos, principalmente querendo misturar todas as coisas na mesma panela e dizer que ” tudo que é ligado a isso está necessariamente ligado aquilo “. Nem tudo que parece ser mal é mal e nem tudo que nos parece ser bom é realmente bom, a realidade pode ter outro revés bem diferente do que imaginamos ser.

Por exemplo, de tudo o que dizem sobre as ordens ocultas ou herméticas, onde todos generalizam que todas elas são ” satânicas ” , se pesquisarmos as origens hebraicas do nome ” lúcifer ” teremos uma grande surpresa…

Eu acho muito interessante quando entra no debate o significado da palavra ” Yehoshua ” onde todos rapidamente querem explicar o seu ” profundo ” significado, mas quando entra em cena a temivél palavra ” Lucifer ” ah não… ! o significado se torna vago e apenas relativo ao coisa ruim , chifrudo , capeta , satanás , anti-cristo , e etc  é um termo que não necessita de explicações nem pesquisa, ele é o que o padre da paróquia disse e ponto final !

Nesse sentido fica muito fácil generalizar conceitos que vistos de forma superficial , sem o devido conhecimento  acabam se tornando uma verdade absoluta , uma arma perfeita para fins inescrupulosos com claras intenções de confundir mais do que de elucidar.

Seria interessante olhar os aspéctos atuais do mundo e tentar encaixar os acontecimentos que podem estar ocorrendo em decorrência dessa ” batalha oculta ” que nós não percebemos e qual desses lados é o ” bandido e o moçinho “.